SKIP TO CONTENT

PREÇO FIXO REVISÃO CITROËN 

O seu Citroën não guarda mais segredos para os nossos especialistas. Lembre-se de realizar a manutenção regular e, graças aos preços fixos Citroën, tenha a certeza da manutenção mais adequada para o seu veículo enquanto controla o seu orçamento.

REVISÃO NA CITROËN

A PARTIR DE 99€ C/IVA

A Citroën oferece um serviço completo de peças e mão de obra com tudo incluído. Troca de óleo, substituição do filtro de óleo, reabastecimento de fluidos, verificações e ajustes dos dispositivos de segurança, leitura da memória de autodiagnóstico, sem contar com as 15 verificações por especialistas Citroën. 

PARA QUÊ FAZER A SUA REVISÃO?

Para otimizar o desempenho do seu veículo ao longo do tempo, é necessária uma revisão anual. De fato, se o motor não for bem mantido, a sua degradação será mais rápida, afetando o desempenho do veículo. Uma simples troca de óleo pode economizar intervenções mais caras, incluindo a troca do motor.

QUANDO DEVE FAZER A SUA REVISÃO?

O conteúdo e a frequência das revisões dependem do tipo de veículo que utiliza, o motor, a quilometragem e a idade. É imprescindível consultar a Livro de Manutenção do seu veículo para se informar sobre as próximas intervenções de manutenção e as suas datas de realização. A manutenção também depende das condições de utilização e estilo de condução. É aconselhável realizar uma em cada ano e seguir o plano de manutenção do fabricante para garantir a longevidade do veículo. Em caso de condições severas, consulte o plano de manutenção específico.

EM QUE CASOS?

Se corresponder a uma ou mais das seguintes condições severas de utilização, será necessária uma manutenção específica:

  • Permanente para-arranca
  • Utilização urbana (táxi, ambulância, escola de condução, velocidade média inferior a 20 km/h),
  • Pequenas viagens repetidas (menos de 10 km) com motor frio (depois de parar por mais de 1 hora),
  • Permanência prolongada em países quentes (T ≥ 30°C), países frios (T ≤ -15°C), países com atmosfera poeirenta ou países com combustíveis inadequados para as recomendações da Citroën,
  • Utilização, mesmo ocasional, de biocombustível tipo B30 (veículos a diesel).