Esta página utiliza cookies. Durante a navegação na nossa página, aceita que utilizemos cookies.

Saiba mais sobre cookies
Fechar
Fechar
Fechar

Desenvolvimento Sustentável

INOVAÇÃO E TECNOLOGIAS LIMPAS

Logo a partir das primeiras fases de concepção e, em cada etapa do ciclo de vida dos veículos, as equipas Citroën são mobilizadas para limitar tanto quanto possível o impacto do automóvel sobre o ambiente.

Este trabalho de eco-concepção visa assegurar à Citroën um avanço em matéria de mobilidade sustentável que ultrapasse a mera conformidade dos seus veículos com a regulamentação ambiental.

Citroën investe assim uma parte muito significativa aos seus esforços de investigação às tecnologias limpas dedicadas à redução da pegada ecológica dos seus veículos.

Redução do consumo e das emissões.

A Citroën desenvolve um vasto leque de soluções tecnológicas tendo em vista a diminuição dos consumos de combustível e das emissões poluentes.


Motorizações térmicas

Citroën - Desenvolvimento sustentável - Motorizações térmicas

Citroën trabalha incessantemente na optimização das cadeias de tracção térmica a gasolina e diesel (incluindo uma ampla difusão dos dispositivos Stop & Start).

Tecnologias híbridas

Citroën - Desenvolvimento sustentável - Tecnologias híbridas

Com a cadeia de tracção Full hybrid Hybrid4, a Citroën combina as performances do motor diesel HDi com as qualidades da propulsão eléctrica.

Veículos eléctricos

Citroën - Desenvolvimento sustentável - Veículos eléctricos

Os Citroën C-ZERO e Citroën Berlingo Eléctrico – na versão de veículo de mercadorias – incorporam uma motorização 100% eléctrica, para uma mobilidade urbana responsável.

Citroën DS5, um exemplo concreto,

  • O Citroën DS5 integra 19% de materiais ecológicos nos seus 270 kg de polímeros (excluindo os pneus).
  • Estes materiais ecológicos são constituídos por 30% de materiais naturais e 70 % de materiais reciclados.
  • Por exemplo, as estruturas dos bancos são em polipropileno com linho têxtil; as caixas dos faróis, as condutas do painel de bordo e a caixa do filtro de ar são em polipropileno reciclado.

POLÍTICA AMBIENTAL DAS NOSSAS FÁBRICAS.

Para a Citroën, produzir veículos com menores emissões de carbono pressupõe uma ferramenta industrial susceptível de dominar os seus próprios impactos e capaz de responder aos principais desafios ambientais:

  • contribuir para a luta contra o aquecimento global,
  • limitar a poluição, incluindo o lançamento de resíduos para a água e para a atmosfera,
  • preservar os meios naturais, a biodiversidade, e limitar a utilização dos recursos naturais, sobretudo da água,
  • reduzir a produção de resíduos e valorizá-los melhor.

Certificação ISO 14001

Iniciado há mais de 10 anos, o processo de certificação chegou à maturidade nas fábricas de produção que possuem actualmente a certificação ISO 14001.

Esta norma (criada em 1996) exige nomeadamente a colocação em prática de meios de vigilância, controlo e medição dos efeitos dos processos sobre o ambiente.

Por conseguinte, a sua aplicação requer uma formação apropriada do conjunto do pessoal.

Preservação dos meios naturais

Cada local Citroën dispõe de uma autonomia importante para apreender a gestão da sua biodiversidade de uma forma adaptada. Alguns exemplos:

  •  Rennes (França) e Madrid (Espanha) realizam os seus inventários florísticos de modo a adaptar a gestão dos seus espaços verdes.
  •  Porto Real (Brasil) e Sochaux (França) reabilitaram zonas para plantar nelas essências autóctones.
  •  As florestas dos locais de La Ferté Vidame e Belchamp (França) são geridas de forma sustentável e possuem a certificação PEFC (Pan-European Forest Certification).
  •  Sevel Nord (França) pôs em prática uma iniciativa de instalação de 45 colmeias. Tal constitui um bom medidor do estado da natureza no local e nas imediações.

Gestão ambiental

A rede Citroën debruça-se sobre três critérios principais em termos de gestão ambiental :

  • a triagem tendo em vista a recuperação e recolha de resíduos automóveis na rede, através de organizações autorizadas,
  • a conformidade regulamentar para uma rede em consonância com a regulamentação nacional e europeia,
  • a rastreabilidade a fim de poder acompanhar o percurso dos resíduos e assegurar assim a sua correcta reciclagem.

Recolha e gestão

Citroën - Développement durable - Collecte et gestion

Há mais de quinze anos, a rede Citroën implementou uma organização que visa assegurar a recolha e o tratamento dos Veículos em Fim de Vida (VHU) em condições ambientais favoráveis.
A recolha e a triagem dos resíduos provenientes da actividade de manutenção e reparação são organizadas de acordo com os métodos de gestão dos Produtos em Fim de Vida (PHU).

Despoluição

Citroën - Développement durable - Dépollution

A concepção de cada veículo tem em conta a etapa de despoluição em fim de vida e é alvo de uma quantificação da sua aptidão para despoluição.
Um exemplo: o ponto mais baixo do depósito está marcado fisicamente, de modo a facilitar o seu esvaziamento.
Do mesmo modo, para cada elemento a ser extraído durante a etapa de despoluição, é desenvolvida uma gama de desmontagem pelos engenheiros Citroën a montante.

Top