Esta página utiliza cookies. Durante a navegação na nossa página, aceita que utilizemos cookies.

Saiba mais sobre cookies
Fechar
Fechar
Fechar
Citroen E-Mehari Courreges Salao de Geneve

Salão de Genebra 2016 Concept Citroën E-MEHARI styled by Courrèges

A Citroën vai apresentar no Salão de Genebra o concept E-MEHARI styled by Courrèges. Surge como resultado de uma colaboração envolvendo duas marcas que, ao longo da sua história, revolucionaram o seu tempo, as respetivas indústrias e representam a criatividade à la française. Este encontro de design em torno de Citroën E-MEHARI, um descapotável de 4 lugares 100% elétrico, surge como natural dada a génese da Courrèges. Um jogo de cores e materiais em torno do Branco, assinatura e símbolo de luz para a Maison Courrèges, o concept Citroën E-MEHARI styled by Courrèges reinterpreta a funcionalidade e o espaço num espírito de liberdade. Verdadeiro concentrado de energia positiva e de otimismo, este estudo iluminará o stand da Citroën a partir do próximo dia 1 de março.

Citroën E-MEHARI styled by Courrèges: um concentrado de história

Quase 50 anos após o lançamento do Méhari, em maio de 1968, as duas Marcas francesas, visionárias e icónicas reúnem-se para um projeto em comum: o concept Citroën E-MEHARI styled by Courrèges. Este concept baseia-se no Citroën E-MEHARI revelado em dezembro último, uma referência a um ícone automóvel agora voltado para o futuro. Verdadeiro eletrão livre, este descapotável de 4 lugares 100% elétrico, divertido, moderno e responsável para com o meio ambiente, encarna os valores de criatividade, de liberdade e de otimismo defendidos pela Marca desde há quase um século.

Valores que são partilhados pela Maison Courrèges, especialistas de moda que sempre se definiram através de um estilo otimista, propondo produtos inovadores e modernos. A Maison Courrèges, que revolucionou a moda dos anos 60 e 70, e a marca Citroën, com o seu lendário Méhari, lançado em 1968, partilham os valores de liberdade, de juventude e de criatividade. Duas marcas icónicas, inventadas por visionários de espírito livre.

Ciente do espírito comum às duas Marcas, a Citroën propôs à Maison Courrèges sublimar o seu modelo E-MEHARI, transformando-o num objeto exclusivo e luminoso, um objeto de tendência, lúdico e eléctrico. Uma proposta em que os dois presidentes da Maison Courrèges – Jacques Bungert e Frédéric Torloting – ambos «fortes defensores do contacto entre universos criativos», responderam favoravelmente através da mobilização do seu atelier de design, liderando o desenvolvimento deste concept, nascido em colaboração com o Centro de Design da Citroën.

As duas Marcas expressam, deste modo, a sua vontade de inventar novos conceitos de design, trabalhando com materiais voltados para o futuro, propondo objetos que combinam beleza e facilidade de utilização. Uma busca absoluta pela modernidade e uma rutura com os códigos tradicionais, inspirando-se na vida real e no desporto para, assim, injetar alegria. Uma associação que se impôs de modo muito natural, com este concept repleto de energia, banhado por luminosidade, aberto ao mundo e alimentado por uma inovadora bateria de Polímero de Metal de Lítio.

Citroën E-MEHARI styled by Courrèges: imposição do Branco e da luz

O Citroën E-MEHARI é uma viatura eletrizante, dotada de uma forte personalidade, de cor e de frescura. Concebido como um objeto de moda, a marca Citroën deu carta branca à Maison Courrèges para que esta fizesse a sua própria interpretação do concept E-MEHARI. O resultado traduz-se no concept Citroën E-MEHARI styled by Courrèges, proposta que reúne um conjunto de cores e de materiais em torno do tom Branco, mantendo-se fiel ao charme do seu antecessor e aos códigos da marca Courrèges.

O Citroën E-MEHARI styled by Courrèges conserva o pormenor das portas do E-MEHARI, com as suas ranhuras que relembram as ondulações da carroçaria Méhari original, tendo sido concebido num atraente Branco. Aliás, o Branco reveste elegantemente a carroçaria, estendendo-se, também, às quatro rodas do Citroën E-MEHARI styled by Courrèges, garantindo-se o contraste através de um pormenor em tom Laranja vivo. Um convite visual que se prolonga para as jantes e que se destaca na forma linear do arco central de segurança. Desaparece o arco traseiro, favorecendo a aplicação de duas correias laterais e garantindo espaço livre adicional.

A bordo, numa busca pelo conforto e a exclusividade, surge um couro Branco muito valorizador, que cobre o interior das portas, o painel de bordo e o banco traseiro, este propositadamente redesenhado com recurso a formas angulares e arquitetónicas. O tom alaranjado específico do concept acrescenta, também ele, uma nota de alegria ao habitáculo, surgindo no revestimento em vinil Laranja brilhante que se estende a toda a largura do painel de bordo, recortado nas saídas da ventilação de formato específico. Os puxadores das portas contam com o mesmo tratamento bi-tom Branco/Laranja, o volante adota um inédito desenho monobraço e monocromático, numa estrutura global revestida a couro, completada com tapetes Brancos.

Para além do seu estilo carismático, preservaram-se os aspetos práticos e lúdicos do Citroën E-MEHARI. Descapotável e dotado de 4 verdadeiros lugares com assentos sobrelevados, o Citroën E-MEHARI styled by Courrèges está equipado com um tejadilho fixo em plexiglas fosco, oferecendo uma ampla abertura para os passageiros. O portão traseiro móvel permite o acesso à área da bagageira que integra uma linha de malas exclusiva, composta por 3 modelos em couro Branco e cobertura em vinil Laranja brilhante, em completa harmonia com o modelo.

100% ELÉTRICO: naturalmente

O Citroën E-MEHARI recupera o conceito de total liberdade do modelo original, projetando-o numa moderna e peculiar variante 100% elétrica.

O concept Citroën E-MEHARI styled by Courrèges assenta na tecnologia 100% elétrica, nascida da experiência francesa do Grupo Bolloré. Integra baterias LMP® (Polímero de Metal de Lítio) permitindo uma velocidade máxima de 110 km/h e uma autonomia de 200 km em ciclo urbano. Estas podem recarregar-se por completo em 8 horas a 16 A, em instalações dedicadas (terminais domésticos ou terminais públicos tipo Autolib), ou 13 horas, em tomadas domésticas de 10 A.

Incomparável, sem stress e silencioso, o concept Citroën E-MEHARI styled by Courrèges destila, ao volante, uma sensação de liberdade sem precedentes que está perfeitamente em sintonia com o tempo presente, permitindo rolar de cabelos ao vento no silêncio de um veículo eléctrico.

Adequado a qualquer tipo de estrada, graças ao seu chassis sobrelevado, o atrevido Citroën E-MEHARI torna-se num verdadeiro objeto de tendência. A sua versatilidade e apresentação apurada tornam-no no modelo ideal para passear nos bairros chic da capital ou nos resorts costeiros da moda. Combinando beleza e facilidade, concept Citroën E-MEHARI styled by Courrèges respira alegria de viver, algo que expressa um outro modo de falar de prazer ao volante e encarna um dos valores essenciais da marca Citroën e da Maison Courrèges: o otimismo.

«O concept Citroën E-MEHARI styled by Courrèges é uma viatura divertida, um 'eletrão livre', que assume por completo o estado de espírito do Méhari de 1968. Acrescentámos-lhe o nosso ‘savoir-faire’ automóvel e a Courrèges deu-lhe a sua reinterpretação, tornando-o num objeto de moda exclusivo,» comentou Linda Jackson, Diretora Geral da Citroën.

«A partir de 1968, Coqueline Courrèges entendeu, antes de qualquer outra pessoa, frente às bombas de combustível vazias da rue François 1er, que o petróleo não seria eterno e que havia chegado a hora de fazer algo pelo Planeta. Ela atingiu o topo da coleção Courrèges de 1968 com o seu primeiro pequeno carro elétrico, que ela própria construiu. Trinta anos anos depois, abria finalmente o caminho para o automóvel elétrico, graças à tecnologia empregue nos seus famosos protótipos, vencedores do Challenge Bibendum nas suas categorias. Actualmente, desde que assumimos a Maison, ela continua presente mais do que nunca, pessoalmente, no desenvolvimento dos seus projetos inovadores em torno da arquitetura/sistemas e dos veículos elétricos dando continuidade à sua 'mudança de vida'. Esta colaboração com a Citroën surge, portanto, para nós como algo natural, pois devemos apoiar todas as iniciativas que promovam a causa das novas energias. Olhamos para o futuro com otimismo,» comentaram Jacques Bungert e Frédéric Torloting.

Top