Esta página utiliza cookies. Durante a navegação na nossa página, aceita que utilizemos cookies.

Saiba mais sobre cookies
Fechar
Fechar
Fechar
WTCC Vila Real 2016

OS CITROËN C-ELYSÉE WTCC QUEREM MANTER A INVENCIBILIDADE EM VILA REAL

Após um fim-de-semana sem vitórias na Rússia, a equipa Citroën Total chega à jornada portuguesa do FIA WTCC com desejos de vingança. José María López e Yvan Muller irão querer manter a invencibilidade dos Citroën C-Elysée WTCC no circuito urbano de Vila Real.

Para os concorrentes do FIA WTCC, o tempo de férias está quase a chegar. Com efeito, a prova de Vila Real será a última jornada europeia da temporada de 2016. As hostilidades regressarão na Argentina, no início de Agosto, antes de viajar para a Ásia e o Médio Oriente a partir de Setembro. A jornada portuguesa marca igualmente o pontapé de saída parea a segunda parte da época.

Durante as cinco primeiras jornadas, os Citroën C-Elysée WTCC conquistaram cinco pole positions e sete vitórias, entre elas quatro dobradinhas. O que dilatou o avanço no comando do Campeonato do Mundo de Construtores: com 523 pontos, a Citroën conta 172 de vantagem sobre o seu mais direto perseguidor. Entre os Pilotos, José María López lidera com 223 pontos e uma margem de 105 sobre Mehdi Bennani e Nick Catsburg. Yvan Muller é quinto da classificação provisória, com 109 pontos.

«Temos vindo a respeitar o nosso plano de trabalhos e o balanço do nosso início de temporada é positivo, pois estamos em boa posição para manter os títulos mundiais» - explica Yves Matton. «A equipa técnica lidou bem com as evoluções do regulamento, que nos obrigou a disputar as primeiras provas com um lastro de 80 quilos. O Citroën C-Elysée WTCC continua a ser a referência da categoria, mas sabemos que os nossos adversários estão mais próximos. Devemos continuar o nosso trabalho, para explorarmos ao máximo todo o potencial do nosso carro. Desejo também que o Yvan comece rapidamente a vencer. Tem sido perseguido por uma crónica falta de sorte e merece regressar aos três primeiros da classificação geral.»

Em Vila Real, os pilotos da Citroën Total não têm outro objetivo a não ser melhorar os números da equipa. No ano passado, os Citroën C-Elysée WTCC mostraram-se imparáveis nesta pista atípica, pois José María López e Ma Qing Hua impuseram-se nas duas corridas. «Este circuito urbano é um dos grandes desafios da temporada, talvez o mais importante após o Nürburgring» - avisa Yvan Muller. «É preciso uma grande coragem para andar depressa entre os rails, nomeadamente na grande descida com aquela curva à esquerda tão rápida. O piso é muito ondulado e as oportunidades de ultrapassagem são raras. Talvez este ano isto seja um pouco mais fácil, pois o traçado foi ligeiramente modificado nesse sentido. Do ano passado, lembro-me de um fim-de-semana estafante, pois fazia muito calor. Espero que isso volte a suceder este ano, pois já estou a ficar um pouco farto de tanta chuva! No plano técnico, é preciso prestar atenção aos travões. Com os 80 quilos de lastro colocados no nosso carro para esta prova, eles irão ser fortemente solicitados.»

«É preciso sermos um pouco humildes com este circuito» - completa Pechito López. «O traçado apresenta inúmeras dificuldades, como curvas cerradas, curvas cegas muito rápidas, chicanes em que é preciso saltar sobre os limitadores… Não é nada fácil manter a motricidade e permanecer na trajetória ideal. Um pequeno erro pode resultar numa volta perdida… ou numa forte saída de pista! Vila Real é um daqueles desafios que tanto aprecio. Gosto também do ambiente que se vive na cidade, o público português é apaixonado pelo desporto automóvel e nunca se cansa de nos mostrar isso mesmo!»

Como é habitual após cada jornada, os pesos de compensação são revistos, tendo em conta os resultados da três jornadas anteriores. Em Vila Real, os Citroën transportarão o máximo possível, 80 quilos, contra 70 para os Lada, 60 para os Honda, 10 para os Chevrolet e nenhum lastro para os Volvo. A Citroën já escolheu quais os pilotos que irão disputar o MAC3 em Portugal: tal como nas cinco primeiras jornadas, José María López e Yvan Muller serão acompanhados por Mehdi Bennani, atual segundo classificado do Campeonato do Mundo.

HORÁRIOS

SEXTA-FEIRA, 24 JUNHO2016
12h30: Treinos privados (30’)

Encontro a partir das 18h30 para a nossa «Pétanque Party», no paddock! Pilotos e Direção da Equipa estarão também disponíveis para entrevistas.

SÁBADO, 25 JUNHO 2016

09h00: Treinos Livres 1 (30’)
11h00: Treinos livres 2 (30’)
14h00: Qualificações (30’ + 15’ + 1 volta)
15h00: MAC3

DOMINGO, 26 JUNHO 2016

15h05: Corrida de abertura (13 voltas)
16h15: Corrida principal (14 voltas)

Top