Esta página utiliza cookies. Durante a navegação na nossa página, aceita que utilizemos cookies.

Saiba mais sobre cookies
Fechar
Fechar
Fechar
MADS OSTBERG VEIO DE LONGE

MADS OSTBERG VEIO DE LONGE

RALI DE ITÁLIA - SARDENHA – 11 a 14/06/2015 (Final)

  • Terceiros à partida para o último dia do Rally da Sardenha, Mads Ostberg e Jonas Andersson conquistaram um positivo quinto lugar da classificação geral. Este resultado permitiu ao Norueguês subir à segunda posição do Campeonato do Mundo de Pilotos.
  • Khalid Al-Qassimi e Chris Patterson terminaram a prova no “top 10”, enquanto Kris Meeke e Paul Nagle ofereceram preciosos pontos à equipa Citroën Total Abu Dhabi World Rally Team, que continua em segundo lugar no Campeonato do Mundo de Construtores. A próxima prova do WRC será o Rally da Polónia, de 2 a 5 de Julho.

Após duas longas etapas, o último dia do Rally da Sardenha anunciava-se mais tranquilo. Mas ainda era preciso ultrapassar quatro Especiais, encadeadas e sem assistência, totalizando 45,80 km cronometrados.

Com as diferenças bem definidas, estava fora de questão para os pilotos dos DS 3 WRC atacar cegamente. Porém, logo na primeira passagem por Olmedo Monte Baranta (PEC 20), Mads Ostberg cometeu um erro, no seguimento de um conjunto de circunstâncias pouco comuns. Desconcentrado por causa da perda de um dos seus auscultadores, o Norueguês errou numa curva cuja nota que ouviu mal!

No “stop”, o DS 3 WRC nº 4 acusou mais de um minuto de atraso e caiu para o 4º lugar. Com uma suspensão traseira e os travões danificados, Mads foi obrigado a continuar ao “ralenti” até à chegada. Impotente, perdeu mais uma posição e conservou à justa o quinto lugar, na frente de Jar-Matti Latvala.

Em 10º lugar a partir da primeira Especial do dia, Khalid Al-Qassimi prosseguiu a sua inteligente corrida, para juntar mais um ponto à sua conta pessoal. Mesmo terminando longe dos primeiros, Kris Meeke ofereceu dois pontos suplementares à Citroën Total Abu Dhabi World Rally Team.

Após dois abandonos, causados por uma saída de estrada (sexta-feira) e problemas eléctricos (sábado), Stéphane Lefebvre e Stéphane Prévôt regressaram, ao volante do seu DS 3 RRC. O Campeão Junior WRC 2014 encheu-se de brio, assinando dois tempos entre os três primeiros do WRC2.

O QUE ELES DISSERAM


Mareck Nawarecki (Director Adjunto da Citroën Racing): «Este rali prometia ser uma prova extrema, com longos dias, classificativas muito demolidoras e altas temperaturas, muito exigentes para as equipas e os carros. Com excepção do vencedor, a classificação final foi estabelecida em função da quantidade de problemas encontrados por uns e por outros. Ao perdermos um DS 3 WRC na segunda Especial, não estávamos na melhor situação. O Mads aumentou o ritmo, mas também ele teve o seu quinhão de desventuras. Teve que se contentar com este quinto lugar, que lhe permitiu passar para o segundo lugar do Campeonato do Mundo. Os pontos conquistados pelo Kris permitiram igualmente à equipa manter o seu lugar entre os Construtores.»

Mads Østberg: «Simplesmente, cometi um erro e isso custou-nos o pódio. Por vezes, passamos por uma nota de uma forma um pouco mais optimista, mas este nem sequer foi o caso. A curva era muito fechada, saí demasiado largo para um arbusto, que escondia uma rocha. Ao bater nela, danificámos a suspensão traseira direita e os travões. Então, passámos o nosso tempo a fazer de mecânicos e a tentar com que o carro continuasse. Por isso, estou muito feliz por ter chegado ao fim! Após uma série de ralis muito demolidores, tenho uma certa pressa em regressar às classificativas rolantes da Polónia!»

Kris Meeke: «Após um início de prova desastroso, voltar em Rali 2 foi uma experiência interessante e enriquecedora. As minhas performances eram bastante boas, em especial da parte da tarde. Hoje, o meu único objectivo era dar à equipa pontos para o Campeonato do Mundo de Construtores. Consegui isso e agora já só penso no Rally da Polónia. Conhecemos o potencial do carro e há a possibilidade de conseguir um bom resultado, na condição de fazer um bom trabalho.»

Khalid Al Qassimi: «Esta foi uma prova muito longa, com Especiais demolidoras e horários que não nos deixavam mais de três ou quatro horas de descanso durante a noite. Faltava-me “feeling” e não conseguia verdadeiramente atacar, mas esse acabou por ser um mal menor, num percurso tão destruidor para os carros e os pneus. Sinto-me contente por ter chegado ao fim e além disso no top 10.»

Stéphane Lefebvre: «Durante a primeira etapa, deixei-me enganar ao travar demasiado tarde numa descida. Regressámos em Rali 2, mas o dia foi igualmente encurtado por causa de uma avaria de electrónica. Finalmente, hoje pude fazer bons tempos na classificativa de Olmedo, em que as minhas notas estavam boas. Este fim-de-semana permitiu-me descobrir o DS 3 RRC, que é bem diferente do R5. Foi uma experiência que nos será útil no futuro.»

FILME DO RALI


PEC 20 – Olmedo Monte Baranta 1 (11,13 km) – Mads Ostberg saiu de estrada, tendo por principal consequência a perda de eficácia dos seus travões. Perdeu um minuto e caiu para a quarta posição, atrás de Ogier, Paddon – autor do melhor tempo – e Neuville. Khalid Al-Qassimi ganhou um lugar e entrou no top 10 da classificação geral.

PEC 21 – Cala Flumini 1 (11,77 km) – Mads perdeu mais um lugar, em proveito de Elfyn Evans. O DS WRC nº 4 fez a classificativa a 1m23,4s de Ogier, autor do melhor tempo.

PEC 22 – Olmedo Monte Baranta 2 (11,13 km) – Autor do melhor tempo, Jari-Matti Latvala ganhou 1m16,7s a Mads Ostberg. Antes da derradeira Especial, o Norueguês via o seu quinto lugar ameaçado, pois não tinha mais que um minuto de avanço… Kris Meeke realizou o segundo crono desta Especial.

PEC 23 – Cala Flumini 2 (11,77 km) – Ogier, Latvala e Mikkelsen garantiram os pontos de bónus reservados aos melhores tempos da Power Stage. Mads conseguiu minimizar os danos: por 16,6s, continuou no top 5 à chegada deste Rally da Sardenha.

CLASSIFICAÇÃO FINAL PROVISÓRIA

1º        Sébastien Ogier / Julien Ingrassia (VW Polo R WRC)         4h25m54,3s

2º        Hayden Paddon / John Kennard (Hyundai i20 WRC)         a 3m05,4s

3º        Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 WRC)       a 4m22,5s

4º        Elfyn Evans / Daniel Barritt (Ford Fiesta RS WRC)  a 5m34,8s

5º        Mads Ostberg / Jonas Andersson (DS 3 WRC)     a 7m50,1s

6º        Jari-Matti Latvala / Miikka Anttila (VW Polo R WRC)           a 8m06,7s

7º        Yurii Protasov / Pavlo Cherepin (Ford Fiesta RRC)  a 14m57,7s

8º        Paolo Andreucci / Anna Andreussi (Peugeot 208 T16)     a 15m03,3s

9º        Jan Kopecki / Pavel Dresler (Skoda Fabia R5)        a 17m41,7s

10º      Khlaid Al-Qassimi / Chris Patterson (DS 3 WRC)  a 19m12,2s

(…)

24º      Kris Meeke / Paul Nagle (DS 3 WRC)     a 1h04m11,4s


MELHORES TEMPOS

Latvala e Ogier – 7 cada; Paddon – 4; Ostberg – 2; Prokop, Tanak e Neuville – 1 cada

LÍDERES

PEC 1   Prokop

PEC 2 à PEC 16           Paddon

PEC 17 à PEC 23         Ogier

CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS

1º        Sébastien Ogier 133 pontos

2º        Mads Ostberg    67 pontos

3º        Andreas Mikkelsen         64 pontos

4º        Jari-Matti Latvala 56 pontos

5º        Elfyn Evans        53 pontos

6º        Thierry Neuville  50 pontos

7º        Kris Meeke        47 pontos

8º        Dani Sordo        38 pontos

(…)

12º      Khalid Al-Qassimi           9 pontos

 CAMPEONATO DO MUNDO DE CONSTRUTORES

1º        VW Motorsport  179 pontos

2º        Citroën Total Abu Dhabi WRT     115 pontos

3º        Hyundai Shell WRT        113 pontos

4º        M-Sport WRT    99 pontos

5º        Jipocar Czech National Team       34 pontos

Top