[cle1: REDIRECTION_DANS Lang:PT] [cle1: SECONDES Lang:PT]
Fechar
Fechar
Fechar
CVT APT VRP 2017

CITROËN VODAFONE TEAM NA EDIÇÃO DO 50º ANIVERSÁRIO DO VODAFONE RALI DE PORTUGAL

  • Edição comemorativa dos 50 anos da mais mediática prova de estrada nacional, na qual a Citroën tem um vasto historial de sucessos, o Vodafone Rally de Portugal 2017 volta a ser este ano simultaneamente pontuável para o Campeonato do Mundo de Ralis (6ª prova do WRC) e para o Campeonato Nacional de Ralis (CNR), revestindo-se, por isso, de acrescida importância para o Citroën Vodafone Team.
  • Aquela que será a 5ª prova do CNR 2017 apresenta-se como a oportunidade ideal para a dupla José Pedro Fontes/Inês Ponte reconfirmar as suas credenciais inerentes ao título de Campeões Nacionais de Ralis, que vão defender, frente a um alargado leque de adversários, com o objetivo de reforçar a liderança do campeonato nacional.
  • O Rally de Portugal disputa-se a norte do país, de 18 a 21 de maio, dividindo-se por quatro dias, que integram 19 Especiais, totalizando 349,17 km cronometrados.

Os Campeões Nacionais de Ralis apostam na obtenção de bom resultado nesta edição nº 50 do Vodafone Rally de Portugal, prova que sai para a estrada amanhã (18 maio) e que constitui uma nova etapa para a revalidação dos títulos de Pilotos e Navegadores.
CVT APT VRP 1 2017

Prova de características diferentes por via da sua inclusão no WRC, o Vodafone Rally de Portugal inicia-se na manhã de quinta-feira com o Shakedown, seguindo-se, ao final da tarde, a primeira classificativa, a SuperEspecial de Lousada, numa prova que se estende até ao próximo domingo, com a Power Stage. Será esta o culminar de quatro dias de intensa luta, ao longo de 19 Especiais, num total de 349 longos quilómetros contra o cronómetro, numa prova em que José Pedro Fontes e Inês Ponte irão contar com alguns dos seus habituais adversários do Campeonato Nacional de Ralis (CNR), ao mesmo tempo que não deixarão de querer mostrar serviço entre a nata mundial do WRC2.

A dupla nacional do DS 5 R5 irá, assim, lutar pela posição de “Melhor Português”: “Claro que gostaria de me bater pelos lugares da frente da categoria, mas há que equilibrar os pratos da balança, tendo em conta os nossos objetivos finais, que passam pela revalidação do título de Campeões no final do presente campeonato e isso passa, também, pela conquista do maior número de pontos nesta prova”. Neste momento e tendo em conta os resultados já alcançados nas primeiras provas do CNR 2017, regista-se uma vitória em Castelo Branco e dois 2ºs lugares, em Fafe e em Espinho, tendo a equipa abdicado da ida aos Açores. “Há, por isso, que defender a nossa atual liderança nos Campeonato de Pilotos e Navegadores, pois também temos uma vantagem mínima. Alguns dos nossos adversários mais diretos estão muito perto, sendo que o facto de dois deles – o João Barros e o Carlos Vieira – terem abdicado da participação nesta prova é um oportunidade para ganharmos vantagem, mas tenho que contar com o restante plantel, todos eles, tal como eu, em busca do tal pecúlio de pontos que este Vodafone Rali de Portugal permite”.

Assim sendo, a abordagem do piloto do Porto a esta edição comemorativa dos 50 anos do nosso rali maior é a seguinte: “Naturalmente que não se pode abordar uma prova longa de 3 dias como se faz num rali do tipo sprint, mais concentrado, do restante CNR, excetuando os Açores e a Madeira. Para além da duração, há outros fatores a ter em conta, como a conhecida dureza de alguns troços clássicos deste Vodafone Rally de Portugal, de que são exemplo os que se disputam no Minho. Quanto ao nosso carro, ele encontra-se no seu máximo em termos de evoluções e pronto para o arranque da prova. Estou, por isso, bastante confiante num bom resultado!”

Em termos de estratégia para a prova, na sequência das sessões de treinos e reconhecimentos dos últimos dias, José Pedro Fontes antecipa: “Vamos atacar onde nos sentimos mais à vontade, poupar a mecânica nas zonas mais duras, nomeadamente em alguns pontos das segundas passagens, em que os troços já estarão mais cavados, e tentar dar algum espetáculo ao muito público esperado nesta prova. Contamos com todos a apoiar o Citroën Vodafone Team!”

Acrescente-se que a nossa prova máxima de estrada tem contado, nos últimos anos, com a Vodafone como Patrocinador Principal, o mesmo sponsor que completa a designação da equipa oficial da Citroën no CNR, num projeto que também envolve a Milaneza, ExpressGlass e Total como parceiros.

O VODAFONE RALLY DE PORTUGAL EM RESUMO

Pontuável para as diversas categorias do Mundial de Ralis e outras fórmulas, a saída para a estrada acontecerá durante a manhã de quinta-feira (dia 18), com o Shakedown bem cedo de manhã, seguindo-se, só no final do dia, o primeiro troço da prova, a Super Especial de Lousada (às 19h03 para o primeiro carro na estrada).

O dia seguinte levará os concorrentes até às estradas do Minho, com a dupla passagem pelos emblemáticos troços de Viana do Castelo, Caminha e Ponte de Lima, numa dupla ronda, matinal e depois de almoço, num dia que terminará com uma novidade absoluta nesta edição, a nova Braga Street Stage, troço espetáculo que sucede ao de há um ano, no Porto, igualmente em formato duplo e com início agendado para as 19h03.

O sábado reserva nova dupla ronda, desta feita pelos icónicos troços de Vieira do Minho, Cabeceiras de Basto e Amarante, sendo este, e uma vez mais, o mais extenso desta edição do Vodafone Rally de Portugal, com os seus 37,55 km.

O último dia engloba a igualmente histórica secção de Fafe, com os troços de Fafe, Luilhas e Montim, repetindo-se o primeiro como Power Stage, fechando o rali com o muito conceituado e espetacular salto, a poucos metros da tomada de tempos final. A prova terminará em Matosinhos, com a Cerimónia de Pódio, agendada para as 15h45, para coroação dos vencedores.

VODAFONE RALLY DE PORTUGAL 2017 - HORÁRIOS

QUINTA-FEIRA, 18 MAIO

07h30: Shakedown (Paredes)
18h10: Partida (Guimarães)
19h03: SS1 – Lousada (3.36km)
20h00: Parque Fechado (Exponor)

SEXTA-FEIRA, 19 MAIO

08h40: Assistência A (Exponor – 19’)
10h09: ES2 - Viana do Castelo 1 (26,70 km)

11h06: ES3 - Caminha 1 - (18,10 km)

11h46: ES4 - Ponte de Lima 1 - (27,46 km)

14h25: Assistência B (Exponor – 34’)

16h09: ES5 - Viana do Castelo 2 – (26,70 km)

17h06: ES6 - Caminha 2 – (18,10 km)

17h46: ES7 - Ponte de Lima 2 - (27,46 km)

19h03: ES8 - Braga Street Stage 1 - (1,90 km)

19h28: ES9 - Braga Street Stage 2 - (1,90 km)

20h40: Assistência C (Exponor – 49’)

SÁBADO, 20 MAIO

07h15: Assistência D (Exponor – 19’)
09h08: ES10 - Vieira do Minho 1 (17,43 km)

09h46: ES11 - Cabeceiras de Basto 1 (22,30 km)

11h04: ES12 - Amarante 1 (37,55 km)

13h00: Assistência E (Exponor - 34’) 

15h08: ES13 - Vieira do Minho 2 (17,43 km)

15h46: ES14 - Cabeceiras de Basto 2 (22,30 km)

17h04: ES15 - Amarante 2 (37,55 km)

18h55: Assistência F (Exponor – 49’)


 

DOMINGO, 21 MAIO


07h35: Assistência G (Exponor – 19’)

09h08: ES16 - Fafe 1 (11,18 km)

09h30: ES17 - Luilhas (11,91 km)

10h20: ES18 - Montim (8,66 km)

12h18: ES19 - Power Stage Fafe 2 (11,18 km)

13h50: Assistência H (Exponor – 14’)

14h20: Chegada


Top