Esta página utiliza cookies. Durante a navegação na nossa página, aceita que utilizemos cookies.

Saiba mais sobre cookies
Fechar
Fechar
Fechar
CITROËN MONOPOLIZA O PÓDIO ESLOVACO

CITROËN MONOPOLIZA O PÓDIO ESLOVACO

CIRCUITO DE SLOVAKIA RING (19-21/06/2015)

  • A equipa Citroën Total monopolizou os dois pódios das corridas do FIA WTCC disputadas no Slovakia Ring.
  • Na Corrida 1, a ordem de chegada foi idêntica à das qualificações, com Yvan Muller vencedor, na frente de José María López e Sébastien Loeb.
  • Autor de um arranque-canhão, Loeb impôs-se na segunda manga, diante de López e Muller.
  • José María López atingiu o meio da temporada na frente do Campeonato do Mundo de Pilotos. E a Citroën aumentou um pouco mais o seu avanço na frente da classificação dos Construtores.

Foi sob um sol radioso e perante tribunas bem recheadas que três Citroën C-Elysée WTCC ocuparam os três primeiros lugares da grelha de partida da Corrida 1. Quando as luzes se apagaram, Yvan Muller aproveitou bem a sua “pole position” para fazer a primeira curva na frente… de Sébastien Loeb e José María López, lado a lado. Os dois carros tocaram-se e o argentino manteve in extremis a sua posição face ao alsaciano. Qualificado no sétimo lugar, Ma Qing Hua caiu para a cauda do pelotão, depois de ficar “congelado” na grelha. O chinês começou então uma recuperação, mas abandonou, para que os seus mecânicos pudessem descobrir a origem do problema, antes da Corrida 2.

Na frente da corrida, Yvan Muller cravou logo um pequeno fosso para os seus colegas de equipa. Durante todas as 11 voltas da prova, Sébastien Loeb manteve-se a escassos metros de José María López, sem nunca conseguir encontrar a oportunidade de o passar. Os três Citroën C-Elysée WTCC cruzaram assim a linha da meta por esta ordem e Muller conquistou a sua quarta vitória da temporada!

Poucos minutos mais tarde, a partida para a Corrida 2 foi dada. Apesar dos esforços da equipa, Ma Qing Hua foi de novo vítima de problemas com a embraiagem e teve que conformar em sair da Eslováquia sem marcar pontos.

Autor de um arranque tipo “bala de canhão”, Sébastien Loeb passou da oitava à segunda posição, antes da primeira curva! O nove vezes Campeão do Mundo de ralis levou na sua roda José María López. Os dois homens foram depressa apanhados por Yvan Muller, mal este se livrou de Hugo Valente.

Loeb encontrou a abertura para passar Tarquini no início da oitava volta. Uma volta mais tarde, foi imitado por López e Muller: de novo, três Citroën na frente! José María López teve então que fazer uso de toda a sua ciência, para conter um Yvan Muller muito insistente. A luta foi mais emocionante que desportiva, mas a classificação manteve-se igual até à bandeira de xadrez. Desta feita, o terceto terminou com o 9 na frente do 37 e do 68.

Sébastien Loeb conquistou assim a sua quarta vitória no campeonato FIA WTCC, depois de Marrakesh e o Slovakia Ring em 2014 e de Termas de Río Hondo em 2015.

No Campeonato do Mundo, José María López terminou a primeira metade da época na frente, com respectivamente 30 e 61 pontos de vantagem sobre Yvan Muller e Sébastien Loeb. Ma Qing Hua passou para a sétima posição do campeonato. Após ter marcado o máximo de pontos este fim-de-semana, a Citroën totaliza agora 529 pontos, ou seja, 163 de vantagem sobre o segundo classificado.

O QUE ELES DISSERAM…

Carlos Tavares (PDG do Grupo PSA Peugeot Citroën): «Após umas qualificações perfeitamente controladas, estas duas triplas concluem um fim-de-semana muito excitante. “Bravo” aos pilotos, que que concretizaram o trabalho incessante da direcção, dos engenheiros e dos mecânicos. A Citroën Racing demonstrou uma vez mais as suas qualidades, a sua combatividade e o seu espírito de equipa. Foi um exemplo para todo o Grupo PSA, que ilustra o que temos que fazer no dia a dia: ultrapasar os nossos limites para conquistarmos o que nunca antes tínhamos conseguido fazer. É isso que devemos fazer todos os días, trabalhando todos em conjunto e com confiança.»

Yvan Muller: «Estou evidentemente muito satisfeito com o balanço destas duas corridas. Na primeira, fazer um bom arranque garantiu-me quase logo a vitória. Ataquei nas primeiras curvas, para não me deixar surpreender na aspiração. Depois, pilotei a gerir o desgaste dos meus pneus, mantendo-me sempre concentrado, pois o Pechito e o Seb não estavam muito longe, atrás de mim. Na segunda corrida, todos os três fizemos bons arranques e ganhámos várias posições nos primeiros metros. Após algumas curvas, não havia mais ninguém à nossa frente, a não ser o Gabriele Tarquini. O Seb fez um bom trabalho para o pasar… e nós seguimo-lo!»

Sébastien Loeb: «Sinto-me muito feliz por ter regressado ao lugar mais alto do pódio. A última vez foi na Argentina, já lá vão uns meses! Na Corrida 1, tentei levar o Pechito ao erro, mas a oportunidade de o passar nunca surgiu. Para a segunda corrida, a partida era a chave. Fiz boas opções e e de repente encontrei-me a lutar com o Gabriele Tarquini. Ele defendeu-se bem, mas mesmo assim consegui encontrar a abertura para o passar. Tentei então construir um pequeno avanço, enquanto os outros estavam ainda atrás dele. O comportamento do meu Citroën C-Elysée WTCC esteve hoje verdadeiramente fantástico!»

José María López: «Parabéns aos meus colegas de equipa pelas suas vitórias! Fiquei contente com estes dois pódios, que me permitem não perder mais que alguns pontos no campeonato. Sei que a luta será intensa até ao fim, mas é positivo ultrapassar o meio da temporada como líder e com uma vantagem que continua interesante. Estamos todos nos limites, nunca paramos de trabalhar e de progredir. É extremamente motivante evoluir no seio de uma equipa como esta!»

Ma Qing Hua: «Estou evidentemente decepcionado de sair da Eslováquia sem ter conseguido um único ponto. No entanto, as minhas qualificações permitiam-me esperar bons resultados. Mas tive problemas de embraiagem no arranque para as duas coridas. Felizmente, não vai faltar muito tempo até regressar à competição!»

PRÓXIMA PARAGEM: CIRCUITO DE PAUL RICARD

Nem tempo para respirar para as equipas do FIA WTCC, que voltarão a encontrar-se já no próximo fim-de-semana, no circuito de Paul Ricard. Após a revisão dos Citroën C-Elysée WTCC, os semi-reboques tomarão rápidamente a direcção da Provença. Sexta-feira, a primeira sessão de treinos libres está programada para as 12h00. No sábado, as duas outras sessões terão lugar pelas 9h00 e 11h30, enquanto as qualificações começarão às 15h00. No domingo, as duas corridas estão programadas para as 12h45 e 14h00.

CLASSIFICAÇÕES

CORRIDA 1

1º        Yvan Muller (Citroën C-Elysée WTCC)

2º        José María López (Citroën C-Elysée WTCC)

3º        Sébastien Loeb (Citroën C-Elysée WTCC)

4º        Rob Huff (Lada Vesta WTCC)

5º        Hugo Valente /(Chevrolet RML Cruze TC1)

6º        Gabriele Tarquini (Honda Civic WTCC)

7º        Tom Chilton (Chevrolet RML Cruze TC1)

8º        Tiago Monteiro (Honda Civic WTCC)

9º        Tom Coronel (Chevrolet RML Cruze TC1)

10º      Nestor Girolami (Honda Civic WTCC)

Melhor volta: Yvan Muller, em 2m05,748s

CORRIDA 2

1º        Sébastien Loeb (Citroën C-Elysée WTCC)

2º        José María López (Citroën C-Elysée WTCC)

3º        Yvan Muller (Citroën C-Elysée WTCC)

4º        Gabriele Tarquini (Honda Civic WTCc)

5º        Hugo Valente (Chevrolet RML Cruze TC1)

6º        Jaap van Lagen (Lada Vesta WTCC)

7º        Mehdi Bennani (Citroën C-Elysée WTCC)

8º        Norbert Michelisz (Honda Civic WTCC)

9º        Tiago Monteiro (Honda Civic WTCC)

10º      Tom Coronel (Chevrolet RML Cruze TC1)

Melhor volta: Sébastien Loeb, em 2m06,620s

CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS

1º        José María López     239 pontos

2º        Yvan Muller  209 pontos

3º        Sébastien Loeb         178 pontos

4º        Tiago Monteiro        108 pontos

5º        Gabriele Tarquini     96 pontos

6º        Norbert Michelisz    86 pontos

7º        Ma Qing Hua           84 pontos

(…)

11º     Mehdi Bennani         40 pontos

CAMPEONATO DO MUNDO DE CONSTRUTORES

1º        Citroën 529 pontos

2º        Honda 366 pontos

3º        Lada     157 pontos

Top