[cle1: REDIRECTION_DANS Lang:PT] [cle1: SECONDES Lang:PT]
Fechar
Fechar
Fechar
CITROEN RACING - CITROEN C3 WRC_CBreen

CITROËN C3 WRC ESTREIA CONJUNTO DE NOVIDADES

Oitava ronda do Campeonato do Mundo, o Rali da Polónia reúne a preferência da totalidade dos pilotos da Citroën Total Abu Dhabi WRT. Andreas Mikkelsen, Craig Breen e Stéphane Lefebvre estão, assim, ansiosos por poder voar a alta velocidade nas estradas da região de Masúria, numa prova em que o Citroën C3 WRC irá beneficiar de evoluções técnicas significativas.

OS DESAFIOS: AS EVOLUÇÕES NO C3 WRC

No dia seguinte ao final do Rali de Itália/Sardenha, engenheiros e pilotos rumaram à Polónia para levar a cabo quatro dias de testes na região de Mikolajki. As duplas Andreas Mikkelsen/Anders Jaeger, Craig Breen/Scott Martin e Stéphane Lefebvre/Gabin Moreau revezaram-se na definição dos set-ups dos seus Citroën C3 WRC, adequando-os às especificidades do terreno. No final desta sessão, a Citroën Racing submeteu duas evoluções à apreciação da FIA: uma nova homologação para a rampa do diferencial traseiro e um joker para a distribuição de binário entre ambos os eixos. Após uma série de resultados abaixo dos seus objetivos, a Citroën Racing reafirma, assim, a sua vontade de retomar rapidamente o caminho rumo aos lugares do pódio.

CITROEN RACING - CITROEN C3 WRC_AMikkelsen

Com dois 2ºs lugares e uma vitória nas três últimas edições do Rali da Polónia, Andreas Mikkelsen tem ambições legitimamente altas para esta prova. Devido a um atraso no fornecimento de peças, o seu C3 WRC será o único a receber o joker entretanto aprovado. Se as estradas estiverem secas, o piloto norueguês poderá, também, desfrutar da sua boa ordem de partida para o primeiro dia de prova, paar depois se posicionar melhor para as etapas seguintes.

CITROEN RACING - CITROEN C3 WRC_CBreen

Sétimo classificado na edição do ano passado, Craig Breen irá encontrar-se com uma superfície que também aprecia. Sob um terreno natural para o seu estilo de condução, o piloto irlandês visa obter um resultado em consonância com a sua série de 5ºs lugares, obtidos em Monte-Carlo, Suécia, Córsega e Portugal. Presentemente ocupa o 7º lugar no Campeonato do Mundo de 'Pilotos'.

CITROEN RACING - CITROEN C3 WRC_SLefebvre

Ausente na Sardenha, Stéphane Lefebvre irá aqui retomar o volante do seu C3 WRC e, tal como os seus companheiros, o jovem francês também se sente confortável nas estradas polacas. Em 2016 ocupava o 7º lugar antes de se ver preso pelas condições particularmente enlameadas do terceiro dia. Este ano também irá beneficiar de uma posição inicial mais favorável no primeiro dia, isto contanto que o tempo se mantenha estável.

O RALI DA POLÓNIA: UMA RÁPIDA EVOLUÇÃO

O Rali da Polónia faz parte da lista das provas mais antigas do mundo, apenas atrás do Monte-Carlo. Organizado pela primeira vez em 1921, esta prova viria a fazer parte da primeira edição do Campeonato do Mundo de Ralis, disputado em 1973. Depois houve que esperar até 2009 para que o Rajd Polski regressasse ao WRC, seguindo-se outra pausa até 2014, ano a partir do qual a Polónia parece ter estabelecido o seu lugar no calendário, deliciando centenas de milhares de espectadores que afluem de toda a Europa Oriental, para assistir ao espetáculo da velocidade dos impressionantes World Rally Cars.

O rali está baseado em Mikolajki, uma vila turística da região dos lagos, localizada não muito longe das fronteiras com a Lituânia, a Bielorrússia e o enclave russo de Kaliningrado. O percurso é composto por estradas de terra extremamente rápidas, que cruzam campos e florestas da zona rural. As especiais são muitas vezes estreitas e o seu solo arenoso desgasta-se rapidamente, num desafio adicional para os pilotos que, nas segundas passagens, precisam lidar com os sulcos profundos.

Nesta edição o itinerário divide-se entre estradas mais conhecidas e novas secções. O rali começa na noite de quinta-feira, com a Super Especial de Mikolajki Arena, desenhada muito perto do Parque de Assistência. Já o dia mais difícil deverá ser o de sábado, que representa quase metade da quilometragem cronometrada. Inéditos são os troços de Baranowo, Pozezdrze e Kruklanki, que certamente irão servirão de barómetro entre os pretendentes à vitória.

Top