Fechar
Fechar
Fechar
Campeonato Nacional de Ralis 2017

CAMPEONATO NACIONAL DE RALIS 2017: JOSÉ PEDRO FONTES/INÊS PONTE APOSTAM NA REVALIDAÇÃO DOS TÍTULOS

  • O Citroën Vodafone Team está a postos para abordar o Campeonato Nacional de Ralis de 2017, apostando na revalidação dos títulos alcançados nos últimos anos.
  • Jornada de abertura da temporada, o Rali Serras de Fafe disputa-se nos próximos dias 18 e 19 de fevereiro, e a dupla José Pedro Fontes/Inês Ponte, arranca altamente motivada para a nova temporada.
  • A Citroën é uma das marcas com mais tradição e sucesso na competição automóvel, nomeadamente nos ralis. Também em Portugal a marca do double chevron é uma referência na disciplina, tendo no seu currículo um vasto número de títulos de Pilotos e Construtores, estatuto reforçado em 2016 e que está na base da motivação e determinação para o CNR 2017.
  • José Pedro Fontes, Campeão Nacional de Ralis em título pela segunda vez consecutiva, mantém-se fiel ao comprovado e vencedor DS 3 R5, tendo de novo Inês Ponte no banco do “pendura”, a primeira mulher a sagrar-se Campeã Nacional na história do CNR.
  • A preparação do vitorioso DS 3 R5 está de novo entregue aos especialistas da Sports & You, que conhecem o carro como ninguém, contando com as ferramentas perfeitas para lhe renovar o tratamento digno de um vencedor.

Com mais dois títulos na bagagem, o Citroën Vodafone Team está a postos para arrancar a fundo assim que for dada a partida para a primeira prova da edição de 2017 do Campeonato Nacional de Ralis (CNR).

A dupla composta por José Pedro Fontes (ao volante, pedais e caixa de velocidades) e Inês Ponte (agarrada aos papéis a debitar notas precisas e decisivas) aspira a mais uma temporada de sucessos e alegrias, com o mesmo estado de espírito que os levou aos títulos nacionais absolutos do CNR 2016.

Quanto ao carro, o DS 3 R5 revela toda a sua competitividade, com um elevado grau de evolução tecnológica que permite estar no topo da eficácia dinâmica, o que se reflete em resultados desportivos verdadeiramente avassaladores: basta recordar que esta máquina foi a que menos tempo gastou nos troços cronometrados em 5 dos 8 ralis do CNR 2016, o que equivale a dizer que o DS 3 R5 os venceu. 

No que respeita à estrutura da equipa, como é habitual, “em equipa que ganha não se mexe”, pelo que toda a organização transita de 2016 para 2017. Os excelentes resultados obtidos na última temporada comprovam, em absoluto, as valências desta vasta formação, que está já com a 1ª engrenada para soltar o DS 3 R5 pelo Serras de Fafe, já no próximo fim-de-semana.  

Para José Pedro Fontes, multi-Campeão em (quase) tudo o que tenha motor e (pelo menos) quatro rodas (ralis e velocidade), e Inês Ponte, a “Senhora Navegadora” por excelência e mérito, a motivação é total. 

É uma dupla em perfeita sintonia, consciente das mais-valias da equipa, que sabe tirar o máximo (e melhor) proveito do seu carro, e que está no CNR com os seus objetivos bem claros e definidos, como refere José Pedro Fontes:

“Naturalmente que optámos por manter toda a estrutura da época passada. Contamos com uma máquina perfeitamente rodada e oleada para 2017, a que acrescentamos esta grande dose de motivação pelos sucessos e títulos alcançados em 2016. O Campeão Nacional deixa bem claro o estado de espírito que vai estar a bordo DS 3 R5: “O nosso principal objetivo consiste, assim, na revalidação do título e é nisso que estamos concentrados, apesar das enormes qualidades dos nossos adversários, pelos quais nutrimos, obviamente, o maior respeito e com os quais temos sempre imenso prazer em competir. O leque de inscritos para a temporada de 2017 revela equipas extremamente competitivas, muito bem preparadas, o que vai tornar as coisas muito mais interessantes. Portanto, no plano competitivo, não estamos a contar ter a vida facilitada”.

O piloto do Porto destaca ainda “o facto do Rali de Portugal voltar a integrar o calendário do CNR. É uma novidade muito positiva, pois traz um outro estímulo às equipas e aos pilotos e navegadores, além de enriquecer substancialmente o estatuto do Nacional. Em resumo, temos tudo preparado e arrancamos com total confiança no DS 3 R5 e nas pessoas que, nos bastidores, fazem um trabalho incrível e determinante para termos o nosso carro sempre impecável e 100% competitivo. E é com este espírito que aguardamos pelo arranque do primeiro rali, que é já esta semana, e onde estaremos, como sempre, na luta pela vitória final”.

A preparação do DS 3 R5 continua a estar a cargo da Sports & You, uma estrutura altamente profissional e que também ostenta no seu palmarés uma invejável coleção de títulos de Campeã nas mais variadas vertentes do desporto motorizado, como ralis, velocidade em circuito e provas de todo-terreno.

Citroën, Vodafone, como patrocinador principal, Milanesa, ExpressGlass e Total são os parceiros deste projeto.

O DS 3 R5 EM DETALHE

Integrando várias pequenas evoluções ao longo do ano passado, o DS 3 R5 da Citroën Vodafone Team está apto a enfrentar esta nova temporada. Integra um motor turbo de injeção direta de 1.6 litros, debitando cerca de 280 cv, contando ainda com tração às quatro rodas, caixa de velocidades sequencial, suspensões McPherson. As restantes propostas da Citroën Competition para os vários escalões de ralis internacionais incluem os DS 3 R1 e R3/R3-MAX, destinando-se todos aos escalões inferiores do WRC (WRC3, WRC2 e Junior WRC) e aos diferentes campeonatos nacionais.

Top